Dependência Química

No caso da dependência de drogas, é comum a pessoa apresentar comportamentos como irritabilidade, agressividade, atitudes como isolamento.

Tais sintomas se manifestam com menor ou maior intensidade, conforme o nível de dependência que o indivíduo se encontra. Assim, quanto mais avançado o nível, mais o dependente químico torna-se incapaz de responder às expectativas e responsabilidades, seja nos estudos, no trabalho, relações ou papéis sociais, aumentando riscos para si e para pessoas a sua volta.

E assim como no alcoolismo o primeiro e mais importante passo no tratamento é a avaliação inicial obviamente, de um exame da situação clínica do cliente, para isto a necessidade dos exames laboratoriais, que hoje são exigidos por lei.

Com base nesta primeira avaliação, podemos determinar o grau de comprometimento do cliente com a dependência química, ter uma primeira ideia de seu engajamento com o tratamento obtendo desse modo seu perfil.

Projeto terapêutico


Desenvolvemos um projeto terapêutico que busca, por meio de um treinamento de habilidades sociais, técnicas e estratégias especializadas, levando o paciente á sua realidade interior, resgatar a sua autoestima e assim se readequar à sociedade. Nosso projeto busca resgatar a saúde psíquica e emocional, motivar o paciente a refazer seu projeto de vida adotando hábitos saudáveis e produtivos.

Palestras de orientação


Dependência química e álcool, direitos humanos, terapia racional emotiva, plano de prevenção à recaída, artesanatos, gincanas, dinâmicas, torneios, vídeo-terapia, programa de 12 passos e outras diversas terapias de grupo. Estas palestras tem o objetivo de introduzir o dependente químico e álcool, na realidade de um programa voltado para o seu problema e desenvolvido por seus iguais, através de experiências acumuladas por mais de 60 anos de existência do mesmo. Fundamentalmente uma reestruturação de valores individuais, estas palestras têm como finalidade ensinar o dependente químico a maneira de localizar suas falhas de personalidade e como tratá-las de forma a obter de si mesmo o melhor desempenho em suas relações com a sociedade.

Reuniões de ajuda mútua


Reuniões promovidas diariamente com a finalidade de troca de experiências entre outros dependentes químicos, busca de caminhos e soluções para seus problemas e identificação de sua realidade com a realidade de um grupo social ao qual deve se integrar. O objetivo básico é manter acesa no dependente químico a necessidade de vigilância que o tratamento tanto exige no que se refere ao seu comportamento, como em tudo que se refere a sua integração de um grupo.

Reforço espiritual


Parte importante na aplicação do programa de recuperação, o reforço espiritual fortalece a crença em um Poder Superior, sem fazer alusão a qualquer religião, procurando preservar as convicções de cada um para redirecionar seus atos em função de valores morais mais elevados.

Atendimento e terapia individual


O atendimento individual é semanal e realizado pelo psicólogo, pelo coordenador técnico, pelo coordenador familiar, pelos terapeutas e conselheiros, onde é avaliada a evolução do tratamento e realizados devidos aconselhamentos de acordo com a necessidade do dependente químico.

Esportes e lazer


Fundamental para o fortalecimento do estado físico do adicto que na maioria das vezes está debilitado, a pratica de esportes visa também sua integração em grupos e lhe proporciona a visão real de que ele não necessita de substâncias psicoativas para obter prazer na diversão simples e saudável. Fundamental para o fortalecimento do estado físico do adicto que na maioria das vezes está debilitado, a pratica de esportes visa também sua integração em grupos e lhe proporciona a visão real de que ele não necessita de substâncias psicoativas para obter prazer na diversão simples e saudável.

Laborterapia


Execução de trabalhos de jardinagem, horticultura, cozinha, padaria e serviços manuais que tem como objetivo básico a integração do dependente químico e álcool em um grupo que visa atingir uma finalidade. Tem como retorno a valorização do próprio esforço e a segurança de conhecer-se capaz de executar qualquer tarefa sem a necessidade de qualquer estímulo químico. Utilizada ainda como reforço no processo de desintoxicação do organismo.

Disciplina


Fundamental no processo de recuperação, a disciplina visa mostrar ao dependente químico e álcool, seus direitos e deveres, regras e normas, aprendendo também a aplicá-las em suas vidas diárias.

Fases do tratamento


  • Primeira fase: Desintoxicação

    Em nossa clínica de recuperação, o primeiro passo é o processo de ajuda ao dependente químico na fase da desintoxicação e síndrome da abstinência; contamos com profissionais para esta etapa que é a mais dolorosa para o dependente químico.

  • Segunda fase: Reabilitação psicológica

    Para a continuidade do tratamento do dependente químico, não basta parar com o consumo das drogas ou do álcool, precisamos resgatar no dependente químico a capacidade de pensar com clareza, estimular seu desenvolvimento e sua autoestima. O dependente químico precisa descobrir que existe uma maneira saudável de viver sem as drogas; esta é a principal fase do tratamento.

  • Terceira fase: Reinserção social

    Nesta fase, o dependente químico volta a ter contato com a sociedade, desta vez com uma visão positiva da vida. Durante este período o interno faz visitas terapêuticas, retornando ao convívio com a família. Em seu retorno à comunidade o dependente químico trabalha com a equipe as dificuldades encontradas até atingir o equilíbrio necessário para uma vida saudável.

Pagamento


Aceitamos pagamentos com cheque, depósito em conta e boletos bancários.

Betinho
(11) 94783-6028
     ID-45*12*78709
(11) 99628-8050
(11) 97580-9083
(11) 98719-1196


Topo